Resiliência

Resiliência

29/08/2019

Em uma aula recente, recebi a seguinte pergunta: Professor, o que podemos fazer para aumentar a resiliência?

Talvez pela falta de tempo, minha resposta não tenha sido completa.... então resolvi escrever aqui sobre o tema. Antes de tudo, o que é resiliência? Embora o conceito venha da física, em termos humanos a resiliência é a capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.

Em um ambiente cada vez mais competitivo, instável, e cheio de surpresas - nem sempre agradáveis - a resiliência é uma competência fundamental, tanto para o sucesso como para a felicidade (nem sempre são a mesma coisa, mas outro dia escrevo sobre o tema...)

 

Para aumentar a resiliência, devemos considerar dois aspectos: PERCEPÇÕES E CRENÇAS.

 

As percepções dizem respeito a como estamos construindo a “realidade” em nossas mentes. Algumas dicas:

  • Como estou pintando esse quadro? Estou vendo a situação como um poço sem saída? Me sinto preso, em uma situação imutável? Perceber que toda situação pode ser vista de outro modo, é o primeiro passo para a resiliência;
  • Em uma situação ruim, pergunte-se: quais oportunidades eu posso ver aqui? Perdi o emprego... talvez seja o momento de procurar algo que eu realmente goste de fazer. Meu check-up médico não está bom.... talvez seja a oportunidade de melhorar meus hábitos;
  • Lembre-se de situações do passado que foram desagradáveis, mas você superou! Ter esse panorama de tempo ampliado, nos faz perceber que somos capazes de superar obstáculos e seguir em frente.

 

O outro fator a ser considerado: nossas CRENÇAS! Temos crenças sobre a situação, sobre os outros e principalmente sobre nós mesmos. Algumas dicas:

  • Como anda sua autoestima? O que acredita sobre si mesmo que pode estar lhe prejudicando? E as crenças positivas? Reconheça suas qualidades, para que elas lhe ajudem a enfrentar a situação;
  • É fundamental acreditar que que toda dificuldade é um desafio, e que somos seres em constante desenvolvimento ajuda a buscarmos soluções.

 

Para finalizar, guardei duas dicas de ouro:

  • Gaste seu tempo e esforços nas coisas que estão sobre seu controle, que dependem de você. Pensar no que o outro pode fazer, em como seria se as coisas tivessem ocorrido de modo diferente, não vão ajudar em nada. Pelo contrário, só atrapalha;
  • Tenha um propósito na vida. Isso gera a energia e motivação para superarmos as dificuldades. Afinal, se não tiver um motivo para sair da crise, você fica nela....

Últimos Artigos

O sucesso te aprisiona?

O sucesso te aprisiona? 23/09/2019

No mundo corporativo, vivemos preocupados com a baixa performance: treinamentos para elevar o potencial, avaliação/gestão de desempenho para identificar gaps, coaching, mentoring, etc. Tudo para identificar e corrigir baixas performances. Mas e o perigo do sucesso? Como assim sucesso é perigoso?

Coaching é crime?

Coaching é crime? 23/09/2019

Respondo sem rodeios: NÃO! Crime é o que fizeram (e estão fazendo) com o coaching. Ultimamente vem crescendo o debate em torno da proposta de criminalização da prática de coaching, acirrando ânimos entre psicólogos(as) e coaches

Reflexões sobre o dia dos pais

Reflexões sobre o dia dos pais 16/08/2018

Passado o dias dos pais, gostaria de propor algumas reflexões para pais e mães. Pensamos no bem dos nossos filhos, seu conforto e segurança

Siga-nos nas redes sociais!

Facebook Linkedin Whatsapp